quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Tudo começou assim…..

A CiaSenhas, de Curitiba e o Núcleo Argonautas, de São Paulo se reunem para a realização do projeto Narrativas Urbanas na Terra Sem Lei, através do programa Rumos do Itaú Cultural.

O projeto nasce como um desejo de ambos os grupos em compartilhar formas e procedimentos artisticos, além da percepção de que suas inquietações têm a cidade e a realidade na mira de suas criações. Isso pode ser identificado quando em 2007 e 2008 a CiaSenhas e Núcleo Argonautas estiveram juntos por vários momentos.

A primeira aproximação se deu quando o Núcleo Argonautas finalizava o Terra Sem Lei, então a CiaSenhas convidou o Núcleo para um compartilhamento no projeto Narrativas Urbanas, que naquele instante estava em pleno andamento.

Assim, perguntas sobre a linguagem teatral, a vontade artística de lidar com o material/matéria-prima que viesse da cidade e da realidade e o forte interesse num fortalecimento da participação do ator como parceiro de criação fortalecem essas conexões entre os dois grupos e motivam os novos encontros.

Depois dessa experiência de compartilhamento entre Argonautas e CiaSenhas intensificaremos as ações artísticas com a realização de investigação conjunta, seguida de dois experimentos cênicos diferentes criados em simultaneidade e, por fim, um experimento comum aos dois grupos.

Neste projeto pretendemos continuar a perseguir uma atitude performática, no sentido em que o artista se compremete com a ação que se deseja total, correndo os riscos de uma ação não mais “protegida” ou “mediada” pela representação e dramaturgia prévia.

Dessa vez, partiremos de um único material inicial, comum aos dois grupos: um material forjado e provocado através da internet. Nesta fase a idéia é lançar perguntas para que o maior número de pessoas responda, anonimamente.

Perguntas que inquietam os dois grupos, a partir dos temas desejo, confiança, confidência: questões problemas que unem o público e o privado, a casa e a rua, e também o sagrado e o profano. As respostas serão o material estímulo para o projeto.

Um comentário:

  1. Muita MERDA pra vocês neste projeto!
    Sucesso!!!!

    Bjos,
    Rafael Di Lari

    ResponderExcluir